AUTOMEDICAÇÃO: O QUE É E QUAIS OS RISCOS?

A automedicação consiste na seleção e o uso de medicamentos para tratar doenças ou sintomas que foram reconhecidos pelo próprio indivíduo. Estima-se que, no mundo todo, mais de 50% dos medicamentos sejam prescritos, dispensados ou vendidos inapropriadamente e que 50% dos pacientes não os utilizem de forma racional.

 

Foto:rawpixel

 

Um estudo realizado em 2015 observou que a automedicação é praticada por cerca de um terço da população. Esse dado preocupa, visto que os medicamentos estão entre as principais causas de intoxicação no Brasil e parte dos acidentes ocorrem devido à automedicação.

 

Foto: rawpixel

 

Além do risco de intoxicação, o uso inadequado de medicamentos pode agravar uma condição ao esconder sintomas importantes. No caso dos antibióticos, o uso excessivo pode levar à resistência de microrganismos.

 

Foto: rawpixel

 

Outra preocupação é a combinação inadequada de medicamentos diferentes, que não poderiam ser usados ao mesmo tempo, e o risco de alergias desconhecidas ao princípio ativo do medicamento.

 

Foto: JOSHUA COLEMAN

 

A orientação é que sempre se procure um médico e que se informe os medicamentos que você já utiliza no momento da consulta. Para o uso de medicamentos de venda livre, sempre converse com o farmacêutico para pedir orientações.

 

Foto: rawpixel

 

O que achou do nosso post? Conta para gente aqui nos comentários!

ARTIGO RELACIONADO

Written By

Botica Beauté

administrator

Be the first to comment “AUTOMEDICAÇÃO: O QUE É E QUAIS OS RISCOS?”

"" was added to wishlist